Instituto Brasil Solidário participa do 5º Seminário de Política Nacional de Resíduos Sólidos com curso prático sobre Educação Ambiental

Outras notícias

NotíciasInstituto Brasil Solidário participa do 5º Seminário de Política Nacional de Resíduos...

“Com ações consolidadas envolvendo desde a comunidade escolar, o poder público, até Associação de Catadores, o Instituto Brasil Solidário, participará do evento apresentando as práticas de educação ambiental que vem sendo multiplicadas no Estado e em outras regiões do Brasil”

Um espaço para debater, refletir e buscar soluções viáveis e efetivas para o cumprimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos, dentro de todas as suas diretrizes. Nos próximos dias 21 e 22 de maio, a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza, recebe o 5º Seminário Política Nacional de Resíduos Sólidos, com palestras, mesas redondas, participação de órgãos municipais, e, permitindo ainda ressaltar o importante do papel da educação ambiental, junto à comunidade escolar, como uma ferramenta fundamental para a construção de uma sociedade mais consciente e ativa dentro das responsabilidades que envolvem a preservação e os cuidados com o meio ambiente.

Com uma longa trajetória de práticas exitosas de educação ambiental, não só dentro das escolas, mas envolvendo criação de tecnologias socioambientais consolidadas como política pública e gestão integrada de resíduos, aqui mesmo no Ceará, o Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore, estará no evento mediando a Mesa “Como fazer a gestão integrada dos Resíduos Sólidos”, que contará com participação da Secretaria das Cidades, além do Secretário de Meio Ambiente do Estado do Ceará, Artur Bruno e o Secretário de Turismo, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico da Prefeitura Municipal de Jijoca de Jericoacoara, Ricardo Gusso Wagner.

No município de Crateús, o Instituto Brasil Solidário conseguiu idealizar uma proposta que possibilitou fazer da escola um ponto de interação e mobilização com a comunidade por uma cidade mais limpa e sustentável, com o projeto LEVE (Local de Entrega Voluntária Escolar). A iniciativa, pioneira no Brasil e que hoje, é uma referência em tecnologia social de sustentabilidade no município, atualmente, é responsável por reciclar 100% dos resíduos da área urbana de Crateús através da colocação de coletores nas escolas.

O projeto se tornou política pública em Crateús, envolvendo toda a comunidade escolar, poder público, a sociedade e a Associação de Catadores do Município, que já coleta 30 toneladas de papel e garrafas PET por ano, através desse sistema do projeto. 20% da renda da venda dos recicláveis é revertida em compra de material esportivo, passeios para os alunos das escolas e em trabalho de inclusão social junto aos catadores. Em 2013 a Presidência da República reconheceu a proposta como uma das 4 melhores experiências de inclusão e coleta do Brasil.

 

Curso de Educação Ambiental – 22/05 de 08h às 17h

Levando um material inédito, em lançamento pelo Instituto Brasil Solidário – Kit Práticas de Educação Ambiental, que reúne anos de formações e práticas exitosas em escolas públicas de várias regiões do Brasil, o Instituto Brasil Solidário, estará no dia 22 de maio, ministrando um curso de Educação Ambiental, com várias orientações para inserção da temática no currículo pedagógico de forma contextualizada e que permita o protagonismo da comunidade escolar dentro e fora de sala de aula.

Para além da ideia de retirar o lixo das ruas e ter um sistema eficaz de coleta seletiva, o campo educacional abre portas para a utilização de ferramentas didáticas, que contribuem para a conscientização e mudança de hábitos na sociedade como um todo e na gestão integrada dos resíduos. Acreditando na proposta da educação ambiental como um tema transversal, as escolas que recebem ações do IBS, trabalham a sustentabilidade nas mais variadas vertentes, envolvendo desde o campo da arte, cultura, educomunicação, incentivo à leitura e até a área de saúde, com construção de Escovódromos sustentáveis dentro das escolas, e feito pelas mãos dos próprios alunos e educadores.

Alinhada as diretrizes da Nova Base Comum Curricular desenvolvida pelo MEC, que incentiva a adoção de práticas escolares aplicando o conhecimento científico para promover a sustentabilidade socioambiental, o novo material que será apresentado pelo IBS, durante o curso, envolve um vasto conteúdo que já foi aplicado em muitas escolas, com um passo a passo de atividades práticas de Educação Ambiental, como a construção de fornos solares e lâmpadas solares com materiais reutilizáveis, desenvolvimento de maquetes de casas sustentáveis dentro dos conceitos da Bioconstrução, o Teatro de Bonecos montado com materiais recicláveis, além da construção de espaços literários utilizando paletes, cortes de tecido, pneus velhos e restos de materiais que seriam descartados na escola e que podem se tornar cantinhos de leitura e grandes árvores literárias.

Os participantes terão acesso a um conteúdo exclusivo com um material que agrega 4 sequências didáticas, 18 exemplos de práticas de Educação Ambiental e 4 cadernos temáticos, que foram divididos em temas como: Água, o líquido precioso; Energias que movem o mundo; Atmosfera, o tesouro invisível e o Sistemas de Produção que transformam o mundo. Nesse material, o educador encontra fundamentos teóricos e dados para aprofundar o conhecimento sobre as temáticas, proporcionando subsídios para a preparação de aulas baseadas nas atividades práticas que serão apresentadas durante o curso.

Segundo o Diretor Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luis Salvatore, o material que será apresentado no curso permite uma visão ampla de atividades dinâmicas e interativas que podem ser desenvolvidas dentro da escola e também junto à comunidade. “Estamos com 20 anos de estrada, sempre levando essa mensagem de preservação do meio ambiente em todas as atividades que desenvolvemos nas escolas que contam com projetos do IBS, e sabemos sobre a importância de se debater mais sobre o assunto, seja com a população ou com nossos representantes, por isso, preparamos um material que mostra ações práticas, fáceis e que possuem viabilidade de ser replicado, sem precisar de grandes recursos”, ressalta Luis.

 

SERVIÇO

5º Seminário Política Nacional de Resíduos Sólidos

Mesa Redonda – “Como fazer a gestão integrada dos Resíduos Sólidos”

Mediação: Luis Salvatore (Instituto Brasil Solidário)

Data: 21 de maio

Horário: 16h às 18h

Local: Câmara dos Dirigentes Lojistas

 

Curso Educação Ambiental

Data: 22 de maio

Horário: 08h às 17h

Local: Câmara dos Dirigentes Lojistas

Inscrições: praticaeventos.com/residuos2018

 

Mais informações para a imprensa:

Gabriela Martins – Assessora de Comunicação

Telefone: (85) 9 99227266

OUTRAS NOTÍCIAS

Artigo anterior
Próximo artigo
Gabriela Martins
Gabriela Martins
Assessora de Comunicação | @brasilsolidario

Populares

" });