Instituto Brasil Solidário
Instituto Brasil Solidário
English Version Site em Português Nossas fotos no Flickr Siga-nos no Twitter Curta nossa página no Facebook
Área Restrita Área Restrita
Como Ajudar

G1

Publicação: Portal G1
Tipo: Internet
Data: 2017
Clique aqui para abrir o link no site de origem.



Texto da Publicação:

Escola pública de Beberibe recebe programa de incentivo educacional

Programa que desenvolve atividades educacionais é promovido pelo Instituto Brasil Solidário.

Alunos, educadores e coordenadores da Escola Desembargador Pedro de Queiroz, em Beberibe, litoral Leste do Ceará, vivenciaram uma nova experiência educacional que vai além das salas de aula. A escola da rede pública municipal foi escolhida pelo Instituto Brasil Solidário (IBS) para participar do Programa de Desenvolvimento da Educação (PDE).

Além de Beberibe, o método de educação proposto pelo IBS também chega neste ano aos municípios de Pindoretama e Cascavel. O programa já havia sido implementado em escolas da rede pública de Tamboril e Crateús, no interior do estado. Com o slogan “Juntos Construímos”, o IBS se instala com nova sede no Ceará, trazendo a proposta de promover transformação social e sustentável por meio da educação.

Nos últimos três dias, terça (4), quarta (5) e quinta-feira (6), alunos do Ensino Fundamental e Médio de Beberibe participaram de palestras, oficinas e seminários nas áreas de Incentivo à Leitura, Educomunicação, Arte e Cultura, Educação Ambiental, Saúde e Empreendedorismo.

As atividades realizadas foram das salas de aula envolvem toda a comunidade escolar e estão incluídas no cotidiano dos estudantes. Na área de Educomunicação, os estudantes participaram de oficinas de fotografia, rádio escolar e formação musical.

Nas áreas de Incentivo à Leitura, foram ministradas oficinas e palestras sobre organização de biblioteca e sustentabilidade. Os participantes também vivenciaram atividades lúdicas que podem ser usadas na educação escolar, como teatro de sombras, desenho e pintura, esportes e produção de instrumentos.

Segundo Luis Eduardo Salvatore, presidente do Instituto Brasil Solidário, a Escola Desembargador Pedro de Queiroz foi escolhida para ser um modelo a ser seguido por outras instituições educacionais da região. A partir de agora, com os projetos implantados no PDE, a escola poderá proporcionar uma educação continuada com atividades voltadas para o cotidiano da comunidade escolar.

“Os alunos ficam maravilhados com o projeto dentro da escola, porque tudo que a gente fala está dentro de um contexto pedagógico que é aplicado de uma maneira totalmente nova. É como se eles estivessem aprendendo em uma ‘escola dos sonhos’, onde o educador é um amigo e isso contribui para um projeto de cidadania”, comentou.

O objetivo do programa, conforme Luis Salvatore, é formar uma rede de multiplicadores, que poderão repassar os ensinamentos adquiridos a todos que têm envolvimento na vida da escola. Salvatore diz que o ideal é incluir as ações do PDE no plano político pedagógico escolar.

“São conhecimentos que, independentes das escolhas pessoais dos alunos, vão ser levadas para toda a vida. Não é fácil formar educadores comprometidos para virar uma rede de educação. É um profissionalismo amplo. O que a gente deseja é que o conhecimento seja incorporado no currículo escolar”.

Além da capacitação e formação, a escola-modelo recebe ainda apoio de estrutura material para potencializar as ações do projeto. A unidade receberá uma biblioteca que conta com um acervo de mais de 500 livros literários, prateleiras, espaços ambientais e uma rádio completa com equipamentos de comunicação como câmeras fotográficas, rebatedores e tripés para produção de material audiovisual.

Segundo o presidente do IBS, os programas são estabelecidos inicialmente em âmbito municipal, favorecendo um intercâmbio entre a comunidade e o público escolar, e logo desenvolve-se um processo de multiplicação no território, atingindo municípios vizinhos.

“Por meio do PDE, temos acompanhado resultados comprovados de curto, médio e longo prazo, incluindo aumentos de frequência escolar e IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) acima da média nacional. A ideia é que seja um processo efetivo de multiplicação, que as redes de ensino entendam a importância dessas ações e continue perpetuando e aprimorando essas atividades dentro das escolas locais”, pontou Luis Salvatore.

Sobre o IBS

O Instituto Brasil Solidário é uma organização da sociedade civil que tem mais de 10 anos de atuação. O IBS trabalha para ampliar as oportunidades de desenvolvimento local por meio de educadores, crianças e jovens, através da educação pública de qualidade.

Em mais de 10 anos de atuação, o IBS já atuou em mais de 20 estados brasileiros. Em uma de suas principais frentes, que é o incentivo à leitura, o instituto já ampliou ou construiu mais de 249 bibliotecas. Mais de 765 mil livros foram distribuidos para alunos de mais de 169 municípios.

No Ceará, o IBS instalou uma nova sede no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza, e já desenvolve atividades nas cidades de Tamboril e Crateús. “No Ceará, todas as escolas que trabalhamos com o PDE foram reconhecidos pelo Escola Nota 10, em alguns casos o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) alavancou até 30% a mais”, ressaltou o presidente do IBS, Luis Salvatore.



  • Nossas fotos no Flickr Siga-nos no Twitter Curta nossa página no Facebook
Instituto Brasil Solidário - IBS
Todos os direitos reservados. Favus Design For Business.