«

»

O OLHAR QUE TRANSFORMA: OBSERVAÇÃO DOS ESPAÇOS E CONSTRUÇÃO DE MAQUETES

Leide-02

Vivemos em uma sociedade em transformação efêmera, a qual exige um olhar hermenêutico para compreender a intrínseca dinâmica dos espaços para interagir com eles, por isso que professora Daniela Sousa trabalhou na turma de 4º ano da Escola Municipal José Francisco no Povoado de Itapicuru-Irecê-BA Nunes na aula de arte realizou uma saída/observação do espaço da Mata de Itapicuru. Esta também é uma prática rotineira das oficinas de artes visuais realizadas pelo Instituto Brasil Solidário (IBS).

Através desta aula os estudantes desenharam o espaço da Mata de Itapicuru para construir as maquetes. Durante a construção das maquetes a professora mostrou as perspectivas, corroborando de forma visível e acessível os diferentes pontos de vistas, bem como outras perspectivas de projeções futuras.

Leide-03

De maneira simples no percurso os alunos materializaram o espaço observado e construído em tamanho reduzido, pensando não somente nos conceitos de artes visuais, mas também, aplicando então vários conceitos da temática geográfica.

Dessa forma, os lugares se transformam em espaços importantes para a formação de diversas concepções de vida participam, aprendendo a desenvolver as suas rotinas a partir do conhecimento de mundo para atuar como cidadão.

Assim, a escola é um espaço cotidiano que permite o desenvolvimento da produção de conhecimentos. Dessa maneira, esta atividade é o ponto de partida para que o aluno conheça e reflita localmente, e posteriormente, globalmente, trans cedendo os muros da escola.

Leide-02

 

Leide-05

Leide-09

Travassos (2001), afirma que este é um trabalho realizado de forma dialogada e interativa, caracterizado por uma constante troca de experiências e compartilhamentos, permite que os limites da escola sejam extrapolados, transformando os estudantes em protagonistas dos fazeres, pois possuem conhecimentos.

No primeiro momento, a professora proporcionou aos alunos o conhecimento de um espaço para consequentemente compreender todo o movimento que existe na arte, uma vez que primeiro houve o deleite que se efetuou durante a vivência da observação do espaço. O trabalho com artes visuais proporciona uma (re)visitação das memórias, além de percorrer o mundo da imaginação.

Leide-08

Texto: Jucileide Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− 7 = zero