«

»

Para a EMOA e o IBS, a escola é algo sagrado

EMOA-11A  Escola Municipal Otaviano Alves – EMOA e o Instituto Brasil Solidário – IBS trazem, juntos, dentro de si e por conta das experiências que vivenciamos neste universo, a representação do que é (ou deve ser) o papel de uma escola.

É na escola que coisas da maior importância em nossas vidas acontecem. Inevitavelmente, ela deixa de ser apenas um campo de troca de conhecimentos e adentra numa esfera emocional onde permeiam outros tipos de trocas, principalmente as afetivas.

Pode-se afirmar que a escola é o segundo ambiente mais importante na vida social de um ser humano. É lá que, com a ajuda dos educadores e pais, um sujeito vai se constituindo como ser pensante, questionador. A escola poderá conservar isso, despertando em seus alunos potenciais criativos, curiosidades e talentos.

Pensamos que a melhor forma de educar é levar o conhecimento de mãos dadas com o afeto, como sugere o que vivenciamos no cotidiano. As crianças conseguem ter um melhor rendimento quando são olhadas com carinho, respeito e sabem que alguém está se importando realmente com elas, seja em casa, na escola e na sociedade através dos atores externos que atuam junto com a escola.

Por isso, a cada dia que passa as escolas também pedem ajuda pois, além do saber, existem várias outras questões que lhe são demandadas, seja por familiares, alunos ou até mesmo pela sociedade.

Não dá para falar de Educação sem que haja comprometimento entre todas essas esferas: pais, crianças, escola e sociedade.

E foi assim que nos unimos nesta empreitada, EMOA e IBS, para que pudéssemos mostrar a estas crianças que a escola é algo “sagrado”, pois é nela que podemos edificar o conhecimento e novas perspectivas de vida, buscando algo que nos falta. Se não mantivermos uma parceria, todos perderão com isso. E foi nessa parceria EMOA/IBS que nasceu,  via Instituto Brasil Solidário – IBS e junto ao escritório de arquitetura David Bastos e demais apoiadores, não apenas um sonho de uma “escola modelo” e transformadora, mas a ação concreta de um investimento social do IBS e um convite ao poder público municipal, através de uma parceria estabelecida, para a reconstrução de um ambiente adequado à melhores condições de realização diária de atividades e projetos educacionais.

O IBS cumpriu a sua parte na reforma dos espaços. E vem cumprindo com todas as suas ações e investimentos propostos no projeto inicial, bem como a manutenção da parceria com a EMOA no desenvolvimento de projetos, sequências didáticas e ações diárias.

As crianças veem inicialmente o mundo através dos olhos de um adulto e, até que possam ter autonomia, precisamos mostrar-lhes uma visão de mútuo respeito, valorização, admiração e gratidão. Acreditamos que, mesmo com todas as intercorrências que impossibilitaram a conclusão das sonhadas obras, tenha ocorrido um profundo processo de aprendizado político, tanto para o Instituto, como para todos nós, comunidade escolar e comunidade do Tanquinho.

Na Escola Municipal Otaviano Alves há muita pulsão de vida, há profissionais engajados querendo dar o melhor de si para as suas crianças. Lá, as portas sempre estão abertas para os pais e também aos plantadores de semente esperançosos na difícil missão de educar.

É lá que acompanhamos o lançar de sementes novas a cada dia para que floresça um amanhã melhor. Estas sementes simbolizam a educação na sua forma mais genuína: esperança na construção de novos cidadãos. Este objetivo só nos será possível com a valorização dos pais, da escola, dos educadores, gestores, todos fazendo sua parte com o objetivo em comum: o de um futuro melhor e digno para nossas crianças.

Contrariando nossas vontades, sabemos que todo o sonho e projeto inicial de reforma e construção inicial não foram concluídos, apesar de estabelecidos através da parceria com o poder público municipal e até envolvimento do Ministério Público para uma resolução do caso, mas esse fato não impediu em nenhum momento a continuidade das ações que são possíveis através das mãos do IBS e da EMOA que, juntas, transformam o acreditar em ações diárias como as que vocês podem acompanhar através destes registros.

Ou seja, mesmo sem ter a obra concluída, os espaços planejados estão sendo utilizados! Acompanhem!

Vamos em frente! Afinal, juntos um dia chegamos lá.

Juntos Construímos!

EMOA-02

Escola Municipal Otaviano Alves em Tanquinho, Lençóis, Bahia.

Nosso festival de arte deixou de acontecer fora do espaço da escola pra ser realizado na quadra da escola.

Nosso Festival de Arte deixou de acontecer fora do espaço da escola pra ser realizado na quadra da escola.

Na  quadra acontece frequentemente aulas de educação física e atividades da escola.

Na quadra acontecem frequentemente aulas de Educação Física e atividades da escola.

EMOA-04EMOA-03EMOA-01

EMOA-07EMOA-09EMOA-10EMOA-13

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


oito + = 12