«

»

Releitura das obras de Romero Britto

O professor Everaldo Rocha realizou um belo trabalho inspirado nas obras de Romero Britto, na turma do nono ano da Escola Municipal José Francisco Nunes em Itapicuru, em Irecê, Bahia. Os alunos realizaram uma pesquisa biográfica sobre a vida e a obra do artista.

romero-brittoOs alunos gostam das obras de Romero porque possuem uma estética colorida, apresenta fortes vibrações, com traços definidos que alegram, facilitam o aprendizado, a (re)interpretação e a reprodução, visto que fazem parte do seu cotidiano, despertando assim a influência no contexto social e escolar dos alunos, tornando-os críticos, reflexivos e criativos.

IMG-20160411-WA0042Nesse percurso o trabalho principal foi a releitura das obras de Romero Britto em que foi possível observar e compreender  todas as formas do processo criativo e, a partir dessa observação, chegar a uma interpretação prática.  Para tanto, fez-se necessário o conhecimento reflexivo sobre a leitura de imagem no cotidiano escolar, a qual foi o principal motivo que levou a reprodução das telas, experiência esta refletida na visibilidade da prática pedagógica, que muitas vezes se pensa estar invisível.

IMG-20160411-WA0037Nesse sentido, poderíamos dizer de modo bem simples que este produto foi processo do produto da criatividade humana, o qual denominamos de ARTE. Dessa forma, os estudantes utilizaram conhecimentos e técnicas a partir de um estilo pessoal e individual, ou seja, transmitiram  uma experiência de vida ou uma visão de mundo, despertando emoção em quem aprecia, “Por meio da singularidade de uma obra artística, temos acesso ao significado universal de alguma realidade”.(CHAUÍ, 2003, p. 286).

IMG-20160411-WA0040Assim, foi notável a construção da obra de arte dos alunos, pois cada uma delas comporta múltiplas leituras e interpretações, de acordo com os seus interesses. O olhar de cada aluno associado ao conjunto de conhecimentos apontou a trilha para novos caminhos.

IMG-20160411-WA0036Texto: Jucileide Pereira

1 comentário

  1. Carolina Lopes

    As crianças tiveram muito capricho ao reproduzir as obras de Romero Britto!

    Mas e se, ao invés de simplesmente reproduzir as obras eles criassem suas próprias obras a partir do estudo de cores e formas que a obra de Romero Britto propõe?

    Lembrem-se sempre: ao criar, a criança estimula a imaginação. O ato de copiar/reproduzir apenas trabalha a habilidade motora. O criar trabalha, além da habilidade motora, a reflexão, a escolha, o senso crítico, a autonomia, a percepção e muito mais do que a simples atividade de cópia!

    Atividades de criação acrescentam muito mais ao aprendizado do que as atividades de cópia/reprodução!

    Estou sempre à disposição aqui para trocar ideias!

    E continuem a introduzir atividades de arte na escola! Se foi bom o aprendizado dessa vez, pode ser melhor ainda da próxima! ;)

    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


9 × = quarenta cinco